ADOTADAS NOVAS MEDIDAS PARA CONTER O COVID-19 NO TRANSPORTE PÚBLICO

A Prefeitura de Guarulhos devido à contaminação pelo Covid-19 adotou medidas no transporte público, pois a locomoção de passageiros é um ambiente de alto risco devido à quantidade de pessoas que o utilizam, confinadas em ambiente de alto risco. 

Procedimentos que vão ser adotados de imediato:

– Limpeza dos terminais será intensificada, seguindo as orientações da (Anvisa) Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Vestiários, salas de reunião e escritórios devem estar equipados com higienizadores e lenços de mão;

– Nos ônibus, superfícies e pontos comuns ao toque devem ser limpos constantemente com álcool gel, conforme protocolo da Anvisa;

– A fixação de cartazes nos coletivos, terminais e na Guarupass com informações sobre as medidas de prevenção;

– Manter os funcionários que são responsáveis para o atendimento ao público orientados para poder transmitir com segurança aos usuários do transporte, todas as medidas adotadas quando forem questionados via telefone ou presencial;

– Divulgação em diversos canais de mídia as medidas preventivas adotadas para o transporte coletivo;

– Manter as janelas dos coletivos abertas para favorecer a circulação de ar;

– Comunicar aos passageiros a necessidade da redução de pagamento em papel-moeda que é um meio contaminante;

– Comunicar aos passageiros idosos e crianças, para evitar o transporte coletivo sempre que possível, entre as 6h e 8h e das 16h às 19h;

– Orientação aos operadores e cobradores dos coletivos, para que reforcem os cuidados pessoais, lavando as mãos a cada viagem, os cobradores e motoristas que realizam a cobrança de tarifas, utilizar álcool gel devido ao contato direto com dinheiro;

– Ampliação nos prazos para recadastramento dos cartões na Guarupass;

– Orientação aos funcionários que fazem o atendimento direto ao público quanto à prevenção e à informação à população, e caso seja possível, manter os funcionários responsáveis pelos atendimentos em cabines ou, em caso de atendimento em balcões, que mantenham uma distância segura do usuário;

– Não haverá redução do serviço, porque essa medida vai impactar diretamente na quantidade de usuários no interior dos ônibus, proporcionando a aglomeração de pessoas nos coletivos e terminais (devido ao aumento dos intervalos entre as partidas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *