AGORA MULHER SE REVOLTA NA UPA SÃO JOÃO.

Mais um caso foi registrado em Guarulhos, por uma usuária da rede de saúde.

Desta vez ocorreu na UPA São João, no final da tarde da última terça-feira.

Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra uma mulher extremamente alterada, gritando e derrubando cadeiras.

E com isso colocando em perigo pacientes e funcionários da UPA. Os seguranças tiveram dificuldade para conte-la.

Ao ser questionada a Secretaria da Saúde esclareceu que a acompanhante M.N.D. deu entrada na UPA após as 17 horas na terça-feira (12/11). Com a menor G.V.S.S., em seguida ela se dirigiu ao consultório do pediatra sem ser anunciada.

Exigindo atendimento imediato, passando na frente de vários usuários, que estavam a horas esperando o atendimento.

A menor sequer chegou a ser avaliada para que a equipe de enfermagem fizessem sua classificação de risco porque a mulher não deixou.

A Secretaria destaca ainda que esta mesma pessoa já esteve na UPA há duas semanas e tentou agredir funcionários e que teve que ser contida.

O médico se sentiu ameaçado e solicitou apoio da Guarda Civil Municipal, enquanto isso a mulher passou a chutar portas, arremessou cadeiras. O que acabou danificando uma longarina.

A Polícia Militar também foi acionada no local e a mulher foi contida pelos profissionais da portaria e conduzida ao Distrito Policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *