AUTORIDADES INVESTIGAM HOSPITAL DE SÃO PAULO

O Hospital Sancta Maggiore, localizado na zona sul de São Paulo está sendo alvo de investigação pelas autoridades sanitárias estaduais e municipais após registrar cinco mortes por Covid-19 em 48 horas. 

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, afirmou nesta sexta-feira (20), que o hospital não notificou os casos, como determina o Ministério da Saúde. O Sancta Maggiore pertence à operadora de saúde Prevent Senior.

O hospital não notificou a suspeição e tampouco a confirmação dos casos de coronavírus dentro do hospital. Ontem (19) até tarde da noite, começou uma investigação do ponto de vista epidemiológica, por equipes da Secretaria Estadual da Saúde de ordem sanitária. 

Técnicos estão reunidos nesta sexta-feira (20) para avaliar o laudo das verificações, e em seguida vão adotar as medidas necessárias.

A Prevent-Senior informou ontem (19) que estava com 123 pacientes internados em protocolo para Covid-19, sendo que 28 estavam com diagnóstico confirmado, e outros 95 aguardavam o resultado dos exames, sendo que deste total 33 estavam internados na unidade de terapia intensiva.

O advogado que representa o Grupo Prevent Senior, Nelson Wilians afirmou em nota que “A rede segue todos os protocolos médicos e éticos estipulados pelas organizações governamentais de saúde, e que a empresa mantém o atendimento aos seus pacientes de acordo com a sua cultura de acolher e cuidar de pessoas e com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *