BOVESPA OPERA EM QUEDA DE MAIS DE 2%, ACOMPANHANDO EXTERIOR

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em queda nesta quarta-feira (15), em movimento alinhado a outros mercados acionários no exterior. Às 10h19, o Ibovespa caía 2,52%, a 77.905 pontos.

Nesta terça-feira (14), a Bolsa encerrou o dia com alta de 1,37%, a 79.918 pontos. Na parcial do mês, o Ibovespa acumula alta de 9,45%. No ano, porém, ainda tem queda de 30,89%.

No exterior, as principais bolsas da Europa operam em queda à medida que a primeira leva de relatórios de resultados corporativos realçava os danos causados pela pandemia de coronavírus.

Já os preços do petróleo nos EUA registraram nesta quarta a menor cotação desde 2002, em meio a dúvidas do mercado de que o novo corte da produção anunciado pela Opep consiga aliviar a queda da demanda.

“A revisão de projeções feitas pelo FMI para um PIB mundial em -3% neste ano alerta para um ano difícil para todos os países e acende a luz amarela para um processo recessivo global. Neste cenário a sinalização para a demanda de petróleo e de forte queda e mesmo com o acordo de corte de produção feito por 23 países”, destacou a equipe da Mirae Asset.

Na cena doméstica, as atenções seguem nas votações do Congresso Nacional e nas negociações entre Legislativo e Executivo sobre a ajuda da União para estados e municípios. 

O FMI passou a prever que o PIB deste ano irá encolher 5,3%. Antes, a expectativa era de alta de 2,2%. Se a nova previsão do Fundo se confirmar, a economia brasileira também vai alcançar uma marca bastante negativa: será o pior desempenho econômico desde 1901, pelo menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *