COCAINA GERA PRISÃO DE DOIS CASAIS NO AEROPORTO.

A Polícia Federal prendeu dois casais de brasileiros na ultima terça-feira, 26/11, no Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro, aqui em Guarulhos, tentando embarcar com grande quantidade de cocaína para a França. 

Em duas ações, realizadas pelos policiais federais, foram apreendidas drogas ocultas em malas de viagem dos casais.

Na primeira ação, policiais federais foram acionados para verificar uma mala abandonada junto a containers que estão fora de uso em razão de defeitos e suspeitas.

A mala, que não continha identificação de seu proprietário, foi submetida ao aparelho de raio-x e, devido às suspeitas quanto ao conteúdo, foi levada à delegacia federal no aeroporto e submetida a exames periciais, momento em que foram encontrados trinta quilos de cocaína com alto grau de pureza.

Foi instaurado inquérito policial com objetivo de chegar aos responsáveis pela substância ilícita no aeroporto.

 Dois casais de brasileiros que vieram de Curitiba, no Paraná, e que pretendiam embarcar com destino a Paris, na França, foram abordados pelos policiais na fila de embarque e entrevistados separadamente.

Os policiais suspeitaram que havia alguma coisa errada, e após a realização da entrevista e pela semelhança geral dos casais, suas malas foram submetidas ao raio-x e, nas quatro malas, foram constatadas grande quantidade de substância orgânica em seus interiores. 

No exame pericial feito na delegacia, os exames confirmaram e resultaram na apreensão, em cada mala, de catorze tijolos compostos por cocaína prensada, totalizando cinquenta e seis quilos da droga.

Os casais, com idades entre 20 e 28 anos, receberam voz de prisão por tráfico internacional de drogas.

Ambas mulheres possuem filhos de 4 e 5 anos de idade.

Os presos serão conduzidos aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça.

Guarulhos já é considerado internacionalmente, uma rota de trafico de drogas, tanto nos aeroportos, como nos portos e nas fronteiras secas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *