Comitê de Blitze encerra festa clandestina em bairro de SP com show de dupla sertaneja

A Força-tarefa do Comitê de Blitze interrompeu na madrugada deste domingo (11) uma festa clandestina nos Jardins, bairro nobre da capital paulista, realizada em um escritório de advocacia com cerca de 500 pessoas aglomeradas e descumprimento às medidas sanitárias de prevenção ao coronavírus. No local, uma socialite comemorava seu aniversário com show da dupla sertaneja Matheus e Kauan. Na abordagem, as equipes encontraram drogas no local.

A Vigilância Sanitária recebeu mais de cem denúncias da festa realizada neste escritório, que frequentemente promovia eventos clandestinos com artistas famosos e garantia aos convidados que o local não seria fiscalizado pela Polícia. Pelo ingresso, foi cobrado até R$ 1,6 mil.

“Um local que tinha que dar exemplo de não fazer festa infelizmente promove um evento desse tipo com quase 500 pessoas sem máscaras. Temos que ter consciência do que está acontecendo em São Paulo e no Brasil inteiro. Isso é um mau exemplo”, afirmou o Delegado Osvaldo Nico Gonçalves, Diretor do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas).

Na zona sul da capital, no bairro de Americanópolis, outra balada clandestina foi encerrada com cerca de 400 pessoas aglomeradas, consumindo bebida alcoólica e, em sua maioria, não usavam máscara de proteção facial.

 

Comitê de Blitze

Criado no dia 12 de março, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o Comitê de Blitze tem como objetivo reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas da fase emergencial e evitar a propagação do coronavírus.

Integram o Comitê agentes da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo. Pelo Governo do Estado, atuam profissionais da Vigilância Sanitária, Procon e das Polícias Civil e Militar.

Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br, do Centro de Vigilância Sanitária.

 

Campos do Jordão

Com a temporada turística de inverno, o Governo do Estado também intensificou a fiscalização no município de Campos do Jordão desde o mês passado. As ações conjuntas envolvem equipes da Vigilância Sanitária Estadual, Grupos de Vigilância Sanitária das cidades de Taubaté e Campos do Jordão e o Batalhão de Choque da PM.

Neste sábado, houve 84 inspeções/orientações em Campos do Jordão, além de quatro notificações por aglomeração, duas notificações por clientes sem máscaras, duas notificações por desrespeito à lei antifumo e o encerramento de uma festa clandestina. A ação teve apoio da Polícia Militar e terminou com os responsáveis pelo evento notificados por promover aglomeração, desrespeito ao uso obrigatório de máscaras, venda de bebida alcoólica durante o toque de recolher e funcionamento em horário proibido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *