FALECEU O ESCRITOR E JORNALISTA LUIZ MAKLOUF CARVALHO

Jornalista, escritor e bacharel em direito, Luiz Maklouf Carvalho faleceu neste sábado (16), ao 67 anos de idade, após complicações decorrentes de um câncer de pulmão.

Nascido em Belém, no Pará, Maklouf trabalhava como repórter do jornal O Estado de São Paulo desde 2.016. Também atuou, entre outros, nos jornais Resistência, Movimento, Jornal do Brasil, Jornal da Tarde, Folha de São Paulo e nas Revistas Época e Piauí.

Vencedor de dois prêmio Jabuti de livro-reportagem, é autor de “Contido a bala – A vida e a morte de Paulo Fontelles, advogado de posseiros no sul do Pará” (Cejup, 1.994); “Cobras criadas: David Nasser e O Cruzeiro” (Senac-SP, 2.001); “O coronel rompe o silêncio” (Objetiva, 2.004), sobre a guerrilha do Araguaia e “João Santana – Um marqueteiro no poder (Record, 2.015).

Foi um dos primeiros jornalistas a revelar casos de corrupção no PT na década de 80 no jornal O Estado de São Paulo. Também é autor de “Já vi esse Filme”, que trata dos primeiros escândalos do PT, entre 1.984 e 2.005.

No ano passado, Maklouf lançou um livro sobre a vida do atual presidente da República, Jair Bolsonaro: “O cadete e o capitão: A vida de Jair Bolsonaro no quartel”. A obra investiga o momento em que o atual presidente abandonou a carreira militar e ingressou na política, nos anos 80.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *