Fórmula 1 irá rever regra de pontos após GP da Bélgica

A Fórmula 1 irá rever as regras que estabelecem quanto tempo uma corrida precisa durar para que pontos sejam distribuídos aos pilotos, depois que o tempo ruim transformou o Grande Prêmio da Bélgica de domingo (29) em uma farsa de três voltas, sem permissão de ultrapassagem.

O chefe da McLaren Racing, Zak Brown, disse à Reuters nesta segunda-feira (30) que conversou com o executivo-chefe da F1, Stefano Domenicali, depois da prova debaixo de chuva em Spa-Francorchamps e que haverá mais conversas nesta semana com a F1, as equipes e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

“Conversei com Stefano na noite passada. Ele está muito aborrecido com o que aconteceu, ele sabe que o resultado não foi certo e reunirá todos na próxima semana e tratará do assunto”, disse o norte-americano. “O que sempre digo às pessoas da equipe é que erros acontecem, consertem-os e não cometam o mesmo erro duas vezes. É isso que precisamos fazer agora. Precisamos decidir qual é a margem mínima de uma corrida. Será 25%? E precisa haver alguma corrida”, acrescentou.

Os regulamentos da F1 dizem que metade dos pontos pode ser concedida “se o líder tiver completado mais de duas voltas, mas menos de 75% da distância original da corrida”.

A prova de domingo foi a mais curta da história. Max Verstappen, da RBR, ficou com a vitória depois de três voltas atrás do safety car, com os outros pilotos guiando com dificuldade na esteira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *