GOVERNADOR JOÃO DORIA PROMETE ENDURECER MEDIDAS PARA O ISOLAMENTO SOCIAL

A adesão ao isolamento social no estado de São Paulo aumentou de 47% para 57% nesta sexta-feira Santa (10). Segundo o governo estadual, para controlar a disseminação da Covid-19, o índice ideal é 70%. O estado nunca chegou a esta taxa: o ápice da quarentena em São Paulo ocorreu no último domingo (05), com 59% de adesão. O índice de isolamento social caiu 12,9% na última semana.

O governador João Doria (PSDB) prometeu tomar medidas mais rígidas na segunda-feira (13), inclusive com prisão para quem desrespeitar as orientações, caso o isolamento não chegue a mais de 60% neste final de semana. 

O prefeito da capital, Bruno Covas, disse que atua em conjunto com o governo do estado e que medidas de “intervenção de algumas ruas” da cidade não estão descartadas. 

A taxa de isolamento social do Sistema de Monitoramento Inteligente (Simi-SP) é obtida por meio da geolocalização de smartphones monitorados pelas quatro principais operadoras de telefonia. O sistema é atualizado diariamente e inclui informações de municípios com população maior que 30 mil habitantes. “As informações são aglutinadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário”, afirma o governo em nota. 

Segundo o secretário estadual da Saúde, o número de casos confirmados no estado seria 10 vezes maior sem isolamento social. “Se nós não tivéssemos feito nada, hoje nós teríamos 10 vezes mais pacientes portadores da virose do que temos hoje. Enquanto nós tivermos um isolamento social em 50% nós não iremos conseguir dobrar essa curva”, disse José Henrique Germann, secretário da saúde, em coletiva de imprensa. 

O infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, disse que o índice de isolamento precisa aumentar para 70% para garantir que os leitos do estado sejam suficientes para os infectados. 

“Quanto mais pudermos abaixar essa linha de tendência, achatar a curva e distanciarmos os casos graves, melhor para o sistema, melhor para o número de leitos e melhor para o grupo de pessoas que trata desses pacientes. Nós entendemos que depende um pouco da adesão, e ela precisa ser um pouco melhor, das medidas de afastamento.”, disse Uip.

https://s2.glbimg.com/lguUfhqAzr6ZvMoUF13p_W-ZW6U=/0x0:1004x655/1600x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2020/j/7/ghIZjKR0mqSwVH8fx6OQ/grafico-isolamento.png

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *