MOTORISTAS DE TÁXI, VANS E APLICATIVOS PREOCUPADOS COM O VÍRUS.

Os motoristas de táxi, van e aplicativos que atendem os aeroportos e portos estão apreensivos e já causam um mal estar nos seus pontos de origem ou no atendimento a hotéis.

Desde que foi divulgado o alastramento do Coronavírus em vários países e a chegada dele aqui no Brasil, alguns motoristas querem das autoridades autorização para recusarem um passageiro ou uma chamada para atendimento a hotéis sem sofrerem punições.

No aeroporto de Guarulhos Governador André Franco Montoro, geralmente a chegada de um voo é previsto para a formação de filas de motoristas para atendimento a chegada dos passageiros, porém quando o avião é procedente da China a apreensão é total.

Já existe até um movimento para que os motoristas possam utilizar máscaras para proteção respiratória neste período de Alerta de propagação do vírus que está deixando o Mundo preocupado.

A preocupação é tanta que a maior preocupação neste momento da autoridades sanitárias mundiais é que este vírus Coronavírus se propague para um Pais com menor capacidade de atendimento na saúde, porque o numero de mortos poderia ultrapassar rapidamente os números de mortos pelo Ebola, Sars ou a gripe aviária, epidemias estas que causaram muitos recursos para controlar a epidemia.

Guarulhos que possui o aeroporto com maior movimentação de voos internacionais da América Latina é entrada para uma propagação desta e as autoridades neste momento, monitoram esta entrada e os motoristas é quem atendem estes passageiros, assim como o pessoal das companhias aéreas tanto voando como em terra.

No Japão a muitos anos algumas empresas de táxis podem instalar uma proteção de separação do passageiros, assim como podem também usar mascaras respiratórias para se proteger.

****FOTO ILUSTRATIVA DE UM MOTORISTA DE TÁXI NO JAPÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *