MULHERES DEIXAM DE CORTAR CABELO POR UM ANO E FAZEM DOAÇÃO PARA PACIENTES COM CÂNCER.

Mulheres deixam de cortar cabelo por um ano e doam quase 4 metros a pacientes com câncer

Cabelo será enviado para o Instituto Neo Mama, de Santos, que acolhe mulheres com câncer de mama. Material será usado para fazer perucas para pacientes.

Por Vanessa Ortiz, G1 Santos

Cabelos serão doados a um instituto que cuida de mulheres com câncer de mama — Foto: G1 Santos

Cabelos serão doados a um instituto que cuida de mulheres com câncer de mama — Foto: G1 Santos

Um grupo de 16 mulheres, membros de uma igreja evangélica em São Vicente, no litoral de São Paulo, deixou de cortar os cabelos por um ano para doar a pacientes com câncer de mama. Nesta semana, elas fizeram o corte e conseguiram arrecadar 4 metros de cabelo, que serão doados a um instituto de Santos que ajuda mulheres da região a enfrentar a doença.

A ideia partiu da pastora da Igreja União Evangélica Missionária (IUEM) Jocelma Hora da Silva, de 52 anos, que decidiu promover ação após ver uma reportagem na TV sobre o Outubro Rosa. Em entrevista ao G1 neste sábado (31), ela conta que o que a surpreendeu, na época, foi ver que um homem comum havia deixado o cabelo crescer para doar.

“Às vezes, deixamos nosso cabelo crescer e, esteticamente, fica bonito, muitas pessoas preferem. Na hora, eu pensei: ‘não temos nada para dar a essas mulheres e crianças que estão sofrendo com a doença, mas temos um cabelo que cresce’. Me reuni com as irmãs e perguntei o que elas achavam de deixar o cabelo crescer por um ano e doar”, explica.

Segundo a pastora, quase todas aceitaram participar da ação e seguiram por um ano sem fazer qualquer corte nas madeixas. Nesta semana, elas se reuniram na sede da igreja, em um café da tarde, para confraternizar e cumprir o propósito para o qual se dedicaram ao longo de 12 meses.

Cabelos eram separados em mechas para fazer o corte — Foto: Divulgação/Igreja União Evangélica Missionária

Cabelos eram separados em mechas para fazer o corte — Foto: Divulgação/Igreja União Evangélica Missionária

Uma cabeleireira foi chamada e separou os cabelos em mexas para fazer o corte. “Foram 16 mulheres, somando quase 4 metros de cabelo para doar. Fizemos o café e todo mundo se alegrou. Saí da confraternização renovada e feliz por ter concretizado algo tão bonito”, conta a pastora.

A nora de Jocelma, a jovem Ana Lúcia Hora Campos de Jesus, de 27 anos, também participou da ação e doou parte de seu cabelo. “No começo, foi impactante, porque eu nunca tive o cabelo tão curto, mas, depois, tive aquele sentimento de gratidão, de fazer algo bom para outra pessoa”, afirma.

As mulheres se empolgaram com a ação e, segundo a pastora, parte delas quer deixar o cabelo crescer para doar novamente no próximo ano. “Tem gente que passa pela vida e não faz nada pelo outro, só por si. Minha intenção é que outras pessoas e igrejas como a nossa façam a mesma coisa”, finaliza.

Todo o cabelo doado será enviado ao Instituto Neo Mama, que acolhe mulheres diagnosticadas com câncer de mama.

Mulheres se reuniram em uma tarde para fazer os cortes para doação — Foto: Divulgação/Igreja União Evangélica Missionária

Mulheres se reuniram em uma tarde para fazer os cortes para doação — Foto: Divulgação/Igreja União Evangélica Missionária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *