O PREFEITO QUER ACABAR COM O ISS DAS EMPRESAS DE ÔNIBUS.

Um projeto de lei de autoria da Prefeitura de Guarulhos está na pauta da sessão de hoje 03/12 na Câmara Municipal. 

Este  projeto pretende implantar alíquota zero do (ISSQN) Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza para os serviços de transporte coletivo municipal rodoviário, metroviário, ferroviário e aquaviário de passageiros de natureza municipal prestado no sistema estrutural, alimentador e seletivo.

Este projeto, já encontra uma resistência grande por parte da sociedade guarulhense, pois o projeto não estabelece uma contrapartida dos permissionários de transporte coletivos da cidade e apenas irá beneficiar os empresários do setor.

A pergunta que o povo quer saber?

Este imposto que faz parte do calculo da tarifa, o famoso IPK, será abatido no aumento das futuras tarifas de transporte coletivos?

A tarifa, com a isenção deste imposto irá diminuir no municipio, ou só estamos preocupados neste momento, com a próxima eleição?

A contra partida dos empresários se dará antes da eleição para a população?

E o passe estudantil, não é a hora de aprovar com a isenção deste imposto?

Bem, quem sabe algum vereador responda esta pergunta?

Ou o próprio prefeito?

O projeto é uma estratégia da atual gestão.

Curioso, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *