O SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES SERÁ EM DEZEMBRO.

Em entrevista a CNN no último dia 08.06 o ministro Luiz Roberto Barroso presidente do Tribunal Superior Eleitoral as eleições deste ano ocorrerão no mês de dezembro, porque tem muitos Estados que ainda estão em curva ascendente para o Covid-19.

O ministro voltou afirmar que tem mantido contato com os presidentes da Câmara e do Senado e que existe o consenso de que não haverá prorrogação de mandato tanto para prefeitos como para vereadores.

Em uma análise mais ampla de alguns constitucionalistas o que poderia haver seria a posse no dia 01 de janeiro do Juiz da Comarca interinamente no cargo de prefeito, já marcando as eleições para a data mais próxima possível, porém elas teriam que ocorrer em todo o País simultaneamente devido aos altos custos para a realização das eleições, o que se torna praticamente inviável.

O que se nota na fala do ministro é que o consenso é a palavra de toque, porque com a abertura flexível de Estados e municípios pode-se até pensar em um primeiro e segundo turno em dois dias para cada turno, assim não haveria aglomerações de eleitores e atenderia os preceitos do Sistema de Saúde atual, onde o distanciamento é o essencial.

Já ontem em reunião com os presidentes da Câmara e do Senado ficou acordado que será nomeado um grupo de trabalho com médicos, a fim de avaliar a melhor data e forma para as eleições deste ano em todo o Brasil.

O fato de estar prevista na Constituição brasileira em caso de mudança com prorrogação de mandatos, o Congresso deverá aprovar uma PEC para mudança da lei.

De toda forma as eleições estão aí, convenções via Internet já é um demonstrativo que estamos no período eleitoral.Vamos a ela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *