PAÍS JÁ SOMA 30 MORTES E 4 MIL PROFISSIONAIS DE SAÚDE AFASTADOS

O Brasil já contabiliza 4 mil profissionais de saúde afastados e 30 mortes devido ao novo coronavírus (Covid-19), até esta quarta-feira (15).

A informação foi divulgada pelo Cofen (Conselho Federal de Enfermagem), nesta sexta-feira (17), e considera trabalhadores técnicos, assistentes e enfermeiros.

Em apenas 10 dias, o número de pessoas afastadas saltou de 230 para 4.089 casos, entre confirmados e suspeitos.

De acordo com o órgão, há um déficit no número de profissionais contratados pelos hospitais. Em fiscalizações realizadas pelo Conselho em três hospitais de São Paulo, o órgão encontrou uma carência de 617 auxiliares e técnicos de enfermagem e 761 enfermeiros.

“Por mais que existam profissionais disponíveis no mercado, os hospitais, principalmente da rede pública, trabalham com o mínimo possível de funcionários, longe das condições ideais de qualidade e segurança para o paciente”, explica Renata Pietro, presidente do Coren-SP (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *