PRIMEIRO-MINISTRO DO JAPÃO E COI DECIDEM ADIAR OS JOGOS OLÍMPICOS PARA 2021

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, teve uma conversa telefônica com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, na qual propôs o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A ideia de adiar o evento para no mais tardar meados de 2021, foi aceita pela COI.

A informação inicial foi da emissora japonesa NHK. O relato cita que Abe argumentou a dificuldade para a preparação dos atletas diante da pandemia do coronavírus. O primeiro-ministro pontuou no papo que o COI já abrira discussões sobre os cenários possíveis para os Jogos e não descartava o adiamento. 

No Twitter, a conta oficial do escritório do primeiro-ministro disse que “após conversa telefônica com o presidente Bach, Aba falou com a imprensa e explicou que os dois concordaram que os Jogos Olímpicos de Tóquio não seriam canceladas, mas realizadas no verão de 2021”.

Apesar da reticência do COI em dar um veredito, vários comitês olímpicos nacionais se manifestaram a favor da não realização dos Jogos na data inicialmente marcada 24 de julho. O Brasil foi um deles. Canadá e Estados Unidos, por exemplo, avisaram que não iam enviar suas delegações, caso o COI mantivesse o evento em 2020. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *