QUEDA DE PASSARELA CAUSA CONGESTIONAMENTO.

A passarela desabou por volta das 19h Da última quinta-feira (14/11) na Marginal Tietê sentido Rodovia Castelo Branco próximo da Ponte Ferroviária Comunidade Húngara em frente ao Tietê Plaza Shopping, e uma das alças de acesso à Rodovia Anhanguera, na zona norte de São Paulo. A passarela de metal era utilizada como estrutura de apoio das obras.

A queda da passarela acabou atingindo dois ônibus de viagem, um caminhão e dois veículos. Duas vítimas que estavam em um dos veículos, ficaram levemente feridas e foram encaminhas conscientes ao pronto-socorro de Pirituba.

No horário que ocorreu a queda da passarela chovia muito forte na capital de São Paulo, com rajadas de vento que chegaram a 82km/h, segundo o (Inmet) Instituto Nacional de Meteorologia.

O incidente bloqueou todas as pistas da via. Às 22h a pista expressa da Marginal Tietê foi liberada para a circulação de veículos. O trânsito que já estava complicado para a saída do feriado prolongado piorou. Às 20 horas a capital somava 157 km de congestionamento de ruas e avenidas, sendo que a média para o horário tem uma variação entre 43 e 79 km de lentidão.

as vias foram liberadas, cerca de dez horas após o acidente.  

O prefeito Bruno Covas (PSDB), determinou que o secretário de segurança urbano, o coronel José Roberto responsável pela Defesa Civil se encaminhasse ao local do acidente. A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras da Prefeitura da Cidade de São Paulo (SIURB) vai abrir uma apuração sobre a responsabilidade do acidente nesta segunda-feira (18/11).  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *