SANTOS GANHA CLÁSSICO E SEGUE NA LIDERANÇA DO BRASILEIRO FEMININO

Um gol da centroavante Larissa, já nos acréscimos da etapa final, garantiu a vitória de virada do Santos por 2 a 1 sobre o São Paulo, no clássico deste domingo (6) pela Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. O jogo realizado na Arena Barueri foi acompanhado de perto pela técnica da seleção feminina, Pia Sundhage, e pela auxiliar Bia Vaz.

Com a vitória, as Sereias da Vila ampliaram a vantagem na liderança da competição, chegando a 18 pontos em sete jogos, três a mais que o total do Palmeiras. A equipe comandada por Guilherme Giudice volta a campo na quarta-feira (9), às 15h (horário de Brasília), diante do São José, fora de casa. No mesmo dia, mas, às 17h, o Tricolor Paulista tentará a reabilitação contra a Ponte Preta, no Centro de Formação de Atletas de Cotia (SP). O time de Lucas Piccinato caiu para o nono lugar, com 10 pontos.

Os gols saíram na etapa final. Aos 10 minutos, a meia Natane cobrou falta com muita categoria e acertou o ângulo esquerdo da goleira Michelle. O Tricolor teve a chance de ampliar aos 20, em pênalti cometido pela zagueira Day Silva, mas, a atacante Gláucia desperdiçou a cobrança, batendo à esquerda do gol. O empate santista saiu aos 36 minutos. Larissa recebeu da também atacante Ketlen pela direita e cruzou para a centroavante Amanda Gutierrez, que, na pequena área, desviou de cabeça para as redes.

A virada saiu em uma cobrança de escanteio pela esquerda, aos 46 minutos. Após o levantamento a meia altura, na primeira trave, Larissa desviou para o gol, tirando do alcance da goleira Carla. O Tricolor ainda teve a chance do empate em um recuo de bola ruim da zaga santista para a goleira. A atacante são-paulina Duda tentou aproveitar, mas, Michelle se antecipou na dividida e salvou as Sereias.

No jogo entre os próximos rivais de santistas e tricolores, também neste domingo, o São José entrou na zona de classificação à próxima fase ao derrotar a Ponte Preta por 1 a 0, em Campinas (SP), com gol da centroavante Mylena Carioca, aos 32 minutos do primeiro tempo. As joseenses subiram ao oitavo lugar, com 12 pontos, enquanto a Macaca, com a sétima derrota em sete jogos, segue na lanterna da Série A1.

Palmeiras assume vice-liderança

Em outro encontro deste domingo, o Palmeiras assumiu o segundo lugar ao bater o Avaí/Kindermann por 2 a 1 no estádio Nelo Bracalente, em Valinhos (SP), onde o time feminino do Verdão manda os jogos. As palestrinas somam os mesmos 15 pontos do Corinthians, que joga na segunda-feira (7) contra o Cruzeiro, às 19h, no Parque São Jorge, mas, ficam na frente por ter um gol a mais de saldo. Já as catarinenses caíram para o sexto lugar, com 12 pontos.

O Avaí/Kindermann saiu na frente aos 12 minutos, em um golaço de Cathielen. A atacante aproveitou lançamento do meio-campo, esperou a bola quicar e bateu de esquerda, no ângulo. O empate do Palmeiras saiu nos acréscimos do primeiro tempo. Após cruzamento da meia Ary Borges pela esquerda, a centroavante Carla Nunes desviou de cabeça e tirou do alcance de Bárbara.

A goleira da equipe catarinense ainda fez duas grandes defesas no segundo tempo, mas, não impediu a virada das alviverdes. Aos 17 minutos, a zaga do Avaí/Kindermann afastou de forma parcial, a meia Rosana lançou Carla Nunes com uma cabeçada e a companheira, cara a cara com Bárbara, bateu no contrapé da camisa 1, decretando a vitória do Palmeiras.

O Verdão volta a campo na quarta-feira, às 15h, contra o Minas Icesp, no Gama (DF), enquanto a equipe de Santa Catarina pega o Audax em Caçador (SC) na quinta-feira (10), também às 15h.

Os próximos rivais de paulistas e catarinenses se enfrentaram no último sábado (5), em Osasco (SP). A partida terminou 0 a 0, com o time brasiliense desperdiçando um pênalti, que foi defendido pela goleira Michelle. As osasquenses, que iniciaram, nesta semana, uma parceria com o Juventus, somaram o primeiro ponto na tabela, ocupando o 14º lugar. O Minas, com sete pontos, está uma posição a frente.

Flamengo se reabilita em Manaus

Em Manaus, o Flamengo se reabilitou da derrota para o Corinthians, na última segunda-feira (31), e superou o Iranduba por 3 a 1. A meia Carlinha abriu o placar aos nove minutos e a atacante Flávia ampliou aos 14. Na etapa final, aos 11 minutos, após cobrança de escanteio, a zagueira Karen desviou de cabeça e aumentou a vantagem rubro-negra. A equipe da casa até esboçou uma reação quatro minutos depois, com um golaço de bicicleta da atacante Paulinha, mas, o placar não foi mais alterado.

Com o resultado, as cariocas foram a 10 pontos, assumindo o 10º lugar, deixando o próprio Iranduba para trás. O Hulk, como é apelidado o clube amazonense, com nove pontos, desceu para o 12º lugar, no limite da zona de rebaixamento. A equipe de Manaus vive uma grave crise financeira e compete com atletas cedidas pelo 3B da Amazônia, principal rival local e que disputa a Série A2 (segunda divisão) nacional.

As duas equipes voltam a jogar na quarta-feira, às 15h. O Iranduba visita o Grêmio, enquanto o Flamengo recebe a atual campeã Ferroviária.

Campeãs tropeçam de novo

As Guerreiras Grenás, aliás, voltaram a tropeçar pelo Brasileiro. No sábado (5), mesmo jogando em casa, a equipe de Araraquara (SP) foi superada justamente pelo Grêmio, por 1 a 0. A terceira vitória consecutiva das Gurias Gremistas – e a terceira derrota da Ferroviária em três jogos desde o reinício da competição – foi decretada pela lateral Gisseli Mariano, aos 45 minutos do primeiro tempo. As gaúchas foram para 15 pontos, na quarta posição, enquanto as paulistas caíram para o sétimo lugar, com três pontos a menos.

Também no sábado, o Internacional não teve dificuldades para fazer 3 a 0 no Vitória, em Salvador. A lateral Ari abriu o placar aos 37 minutos da etapa inicial, de cabeça. No segundo tempo, aos três minutos, a atacante Jhennifer bateu, a bola desviou na zaga e enganou a goleira Yanne, parando nas redes. Por fim, aos 25, a lateral Bruninha definiu o marcador, em arremate da entrada da área.

As Gurias Coloradas estão em quinto lugar, com os mesmos 15 pontos de Palmeiras, Corinthians e Grêmio, mas, uma vitória a menos. O time gaúcho, que recebe o Timão na quinta, às 19h30, é o único invicto entre os 16 times da Série A1. No mesmo dia, mas, às 17h, o Vitória visita o Cruzeiro. O Rubro-Negro baiano é o penúltimo, ainda sem pontos ganhos e nenhum gol marcado em sete jogos.

Confira AQUI a tabela de classificação da Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *