SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E SAÚDE NA MIRA DA CONTROLADORIA.

Durante audiência da Lei Orçamentária Anual (LOA 2020) o Controlador Geral do Município, Miguel Carlos Testai informou que as Secretarias de Educação e Saúde de Guarulhos, são as que possuem mais sindicâncias abertas com  cerca de 250 e mais 45 processos administrativos disciplinares, que são instaurados quando se constata a materialidade dos fatos e irregularidades em geral.

Na Secretaria da Educação as investigações estão relacionadas ao alto número registrado quanto à jornada de trabalho e atestados, que alcança cerca de 30 mil por ano, considerado acima da média, para o setor.

Quanto a Secretaria da Saúde o motivo é o horário da jornada de trabalho e o acúmulo ilegal de cargos.

Depois da intervenção do Ambulatório da Criança, a (CGM) Controladoria Geral do Município realizou uma visita em todas as unidades de saúde na cidade durante este ano.

 Durante as visitas foi instaurada sindicância a fim de apurar denúncias que ao menos quatro médicos que estão lotados na unidade não estavam cumprindo sua jornada de trabalho. 

Wilson Roberto Hackmey, diretor do departamento de controle interno informou que um relatório vai ser entregue para a Secretaria da Saúde. 

De acordo com Hackmey, não foram encontrados problemas maiores na Secretaria, apenas problemas pontuais de manutenção de equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *