VEJA OS DADOS DA SEGURANÇA PÚBLICA DE SP

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIVULGA DADOS SOBRE OCORRÊNCIAS NO ESTADO DE SÃO PAULO

A Secretaria de Segurança Pública, divulgou as estatísticas do Estado de São Paulo e a capital.

Uma redução no Estado em casos de vítimas de homicídio doloso “aquele com intenção de matar”, o número de boletins de ocorrência de mortes intencionais teve uma redução de 270 para 263, comparados com janeiro de 2019. O número de vítimas desse crime caiu de 284 para 276, a menor quantidade da série histórica, com início em 2001 para o mês de janeiro de 2020.

Quanto aos casos e vítimas de latrocínios “roubo seguido de morte”, cresceram, sendo que ambos aumentaram de 17 para 18.

No mês de janeiro, foram registradas cinco ocorrências a menos de estupro 1.066, sendo que em janeiro de 2019 foram 1.071 ocorrências.

Já quanto a roubos em geral houve um aumento de 14,3% no mês de janeiro de 2020 totalizando 23.997 ocorrências. Roubos de carga tiveram uma queda de 610 em 2019 para 595 em janeiro deste ano. O roubo de veículos também caiu em 7,2%, de 3.948 para 3.662, a menor quantidade da série histórica para o período.

Os furtos em geral caíram 3,1% passando de 45.163 para 43.784, 1.379 casos a menos. Quanto a furto de veículos ocorreram 163 ocorrências a mais em comparação com janeiro de 2019.

E pela primeira vez o Estado de São Paulo não registrou ocorrências de roubo a bancos durante o mês de janeiro, no ano anterior foi registrada uma ocorrência.

Na capital paulista houve um aumento no número de casos e vítimas de homicídio doloso, com 12 casos e 14 vítimas a mais em janeiro de 2020, com relação ao mesmo período em 2019. Em janeiro de 2019 ocorreram 55 ocorrências de mortes intencionais, com total de 56 vítimas. 

Um aumento nos casos de latrocínios, com dois boletins de ocorrência registrados e duas vítimas a mais em janeiro deste ano, mediante a seis casos com seis vítimas em janeiro de 2019.

VEJA O aumento no caso de estupros foi de 24 casos, que totalizaram 238 boletins de ocorrência. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *