BOLSA REDUZ QUEDA APÓS SEGUNDA PARALISAÇÃO

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores de São Paulo, reduziu a
tendência de queda na tarde desta quinta-feira (12), após duas
paralisações e queda de quase 20% e se aproximar do terceiro Circuit
Breaker.

Às 15h30, o índice desabava 14,17%, aos 73.101.60 pontos. No início da
tarde, os papéis caíam 19,16%, a 68.852 pontos, e se aproximavam de
uma terceira interrupção dos negócios.

Desde a abertura do pregão, às 10 hrs, foram dois circuit breakers. Entre as ações que puxaram a queda da Bolsa de São Paulo estão as das companhias aéreas.

Além desta quinta-feira (12), a Bolsa de São Paulo acionou em apenas
outras três oportunidades em sua história o circuit breaker duas vezes no
mesmo dia. As paralisações por uma hora, após queda das ações em mais
de 15%, ocorreram em 1997, 1998 e 2008.

O dólar, que abriu o dia negociado acima dos R$ 5, reduziu à alta e salta
2,61%, cotado a R$ 4,844. Se fechar nesse patamar, a moeda norte-
americana renovará o maior valor nominal da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *