MAIS DE 6.300 CRIANÇAS DE GUARULHOS NÃO TEM VAGAS EM CRECHES.

O prefeito de Guarulhos Guti, ainda não conseguiu resolver o problema das 6.369 mil crianças que aguardam na lista de espera por uma vaga em creches de Guarulhos, de acordo com os dados apresentados pela Prefeitura até o dia 29 de janeiro de 2.020.

A EPG Álvaro Mesquita, localizada no bairro Jardim Bananal é que conta com o maior número de crianças na fila de espera e a previsão para este ano para esta criança é a pior possível.

A administração municipal informou que a lista apresentou uma queda de 740 crianças em comparação ao ano de 2.019, atualmente são 63 escolas da prefeitura com creche, além de 86 creches parceiras, fora a inauguração recente de novas unidades escolares. 

Já algumas famílias contatadas pelo Guaru News informa que já desistiram de procurar uma creche, porque semanalmente ela procura creche e não encontra e o pior que elas podem perder seus empregos, tanto pelo tempo gasto com a procura, como por não ter com quem deixar as crianças.

Atualmente as creches municipais contam 26.471 mil crianças matriculadas, e apesar da lista de espera ser grande, a previsão para este ano é de não conseguir atender a demanda. 

Quatro creches se encontram em construção, porém a Prefeitura não informou sobre o prazo de entrega das obras.

Quanto à obra parada da creche do Parque Cecap, que está localizada entre as Ruas Bela Vista de Goiás e a Alameda das Magnólias, a administração municipal informou que o processo de licitação ainda está em trâmite. O local da obra se tornou em ponto de crimes, usuários de drogas, e durante o ano passado foi encontrado o corpo de uma mulher carbonizado.

A prefeitura afirma que já foram pagos R$ 7.177.090,46 milhões na obra, e o orçamento estimado para a retomada e conclusão das obras é de R$ 5.598.149,90 milhões, sendo que o governo já afirmou que a estrutura existente vai ser reaproveitada e depois de concluída, terá capacidade para atender até 690 crianças com idades de creche e pré-escola. 

Mas dificilmente neste ano esta obra será construída, má noticia para as famílias desta região.

Como é um ano eleitoral espera-se que as obras agora possam continuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *